sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Abertura do ano letivo.

          Ontem, às 17h e 30 min, minha filha Jessica e eu fomos nos encaminhando para o Centro Municipal de Cultura para assistirmos a Abertura do Ano Letivo. O evento começaria às 18h e 30 min, mas queríamos chegar cedo pois no ano anterior não consegui mais lugar para sentar...
          Na chegada fomos recepcionadas por dois meninos fantasiados e com pernas de pau que nos acolheram com lindos sorrisos. Ao entrar, outra surpresa: Haviam colocado ar condicionado no Centro de Cultura e a temperatura estava muito agradável! Subimos e sentamos na sexta fileira do  lado esquerdo.
          As primeiras apresentações já me tiraram lágrimas dos olhos pois alguns ex-aluninhos estavam ali, cantando... Vi o Alexsandro (da minha primeira turma na Escola Rubaldo em 2007), a Andressa, a Laurinha e a Mariéli - irmã do Alexsandro (as três da turma de 2010) e o Leandro (que foi meu aluno por um dia em 2011!). Quando o grupo terminou a apresentação, fiquei de pé para aplaudi-los e como estava bem na frente, eles me viram e acenaram para mim, sorrindo...
          O nosso palestrante foi o Roberto Carlos Ramos. Eu já conhecia a história dele "de ouvir falar" - conhecê-lo mais de perto foi uma experiência maravilhosa. A história dele havia saído em um filme no ano de 2009:

          Foi ótimo ouvi-lo pessoalmente pois seu discurso nos enche de esperanças, nos fazendo ver o outro lado da dita "rebeldia infantil", que na grande maioria é causada pela falta de carinho e compreensão. O "saber ouvir"  da pedagoga francesa Margherit Duvas e seu carinho sincero fizeram toda a diferença na vida dele...
          É uma verdadeira lição para tomarmos para nossa vida pessoal : sonharmos e termos a certeza de que podemos realizar nossos sonhos e para nossa vida profissional: podermos auxiliar nossos alunos a sonharem mais alto e terem a certeza de que também podem realizar seus sonhos!
          Nem senti as horas passarem e poderia ter ficado mais tempo a ouví-lo!
          http://www.ocontadordehistoriasofilme.com.br          

2 comentários:

Barbara Nonato disse...

Recomeço é sempre bom; com reencontros, ainda melhor. Sobre a palestra, não assisti o filme, mas li sobre a história e, de fato, ele merece todo respeito e reconhecimento da sociedade.

Janete Dreyer disse...

Concordo! Eu vou fazer o possível para assistir ao filme o mais rapidamente possível.